Um incentivo coronariano?

Talvez uma das poucas, com tamanho privilégio de escolha, a carreira médica embarca uma série de especialidades e campos de atuação. Dentre tantas possibilidades, como fazer esta escolha? Clichês? O que te faz feliz ou o que te realiza? Não sejamos simplistas…

Durante a escola médica, são raros os momentos de contato com a cirurgia cardiovascular. Talvez poucos temas durante o estudo de cardiologia, mas provavelmente nada que apresente integralmente a especialidade, seu cotidiano, inovações ou desafios.

Coronária é sempre uma surpresa. Válvulas, cada folheto tem sua particularidade. Aorta, uma evolução sem precedentes. Cardiopatias congênitas, promovendo a cura de inúmeras crianças. Minimamente invasiva, a era dos catéteres. Células tronco, um futuro que está sendo desenhado. Dentre as outras várias áreas, cirurgia cardiovascular é uma especialidade que une clínica cirúrgica com habilidades técnicas do mais alto gabarito.

Outro ponto que merece ser citado é o nível de satisfação profissional do cirurgião cardiovascular – assunto este abordado em posts anteriores. Além disso, outro fator de destaque é a capacidade de mudar o prognóstico de um doente, exemplos clássicos são estenose aórtica, miocardiopatia isquêmica…

Gostou do panorama? Gostou dos desafios? Gostou da realização profissional? Pegue seu incentivo coronariano e seja mais que bem vindo a este mundo.

Referências:

https://www.ctsnet.org/article/why-become-cardiothoracic-surgeon

0